domingo, 22 de junho de 2014


20/6/2014, The Saker − The Vineyard of the Saker
Traduzido pelo pessoal da Vila Vudu

The Saker
● 19/6: Obama vacila e adia a decisão de bombardear forças antirregime no Iraque. John Simpson diz na BBC: “A fala do presidente Obama não foi a corda de salvação pela qual o governo do Iraque esperava. O Iraque contava com ataques aéreos imediatos para pôr fim aos ataques pelo ISIS/ISIL.

● 19/6: O Exército do Iraque diz ter retomado o controle de cidades na província de Diyala e que estaria retomando o controle da vizinha província Salahuddin.

● 19/6: Os Emirados Árabes Unidos convocam seu embaixador no Iraque, reclamando da marginalização de alguns setores da sociedade, em linhas sectárias.

● 19/6: O vice-presidente dos EUA convocou Maliki, Barzani e Osama Al-Nujaifi, para exigir que todos trabalhem juntos na direção da formação de um governo e de mais segurança.

● 19/6: ISIS/ISIL capturou uma antiga fábrica de armas químicas abandonada desde os tempos de Saddam em Muthana, 70 km ao norte de Bagdá.

● 19/6: Milícias de voluntários xiitas deslocadas para Diyalah e para a cidade de Samarra.

● 19/6: Combates entre homens do ISIS/ISIL e guerrilheiros da Peshmerga curda eclodiram em Kirkuk. Os Peshmergas dispararam foguetes contra posições do ISIS/ISIL.

● 19/6: Abu Khabib al-Jazaeeri, cidadão saudita, ex-comandante do ISIS/ISIL, foi morto em Tikrit, em combate contra forças de segurança.

● 19/6: A Austrália estima que haja cerca de 150 cidadãos australianos combatentes nas fileiras do ISIS/ISIL.

● 20/6: Representante porta-voz do aiatolá Sistani, Abdul Mehdi al-Karbalai disse que se o ISIS/ISIL não for “enfrentado e expulso do Iraque, amanhã todos lamentarão, quando já for tarde demais”. Sistani também pressionou a favor da constituição de um governo, nas linhas do que as urnas mostraram, e nos prazos que a lei prescreve: “É muito importante respeitar esses prazos e não os transgredir”.

● 20/6: Forças curdas estão dando combate a militantes do ISIS/ISIL nos arredores de Kirkuk. Os confrontos aconteceram no início da semana na vila de Malla Abdallah e em Basheer, cidade de maioria xiita. A luta por Basheer foi feroz, com as forças Peshmerga curdas lutando quase corpo a corpo contra o ISIS/ISIL. As forças Peshmergas noticiaram dez baixas, e retiraram-se quando ataques aéreos de forças governamentais mataram dois de seus soldados. Muitos dos habitantes de Basheer já fugiram para o Curdistão iraquiano.

● 20/6: The Telegraph noticia: Mohammed al-Khaldi, dos principais assessores de Osama al-Nujaifi (líder sunita no Parlamento) [disse que]: “Pedimos a norte-americanos, britânicos, turcos, Arábia Saudita e Irã para trabalhar no sentido de impedir que al-Maliki tenham mais um mandato. O bloco xiita tem de encontrar um nome para substituí-lo”.

Presença do ISIS/ISIL na Síria e no Iraque
(clique na imagem para aumentar)
● 20/6: A refinaria de Baiji está sob controle de forças governamentais. O último ataque pelo ISIL aconteceu na 5ª-feira (19/6/2014) à noite. Acredita-se que os militantes estejam se reagrupando, depois de notícias de que ainda ocupariam partes do complexo da refinaria. O ISIS/ISIL foi forçado a retirar-se, tendo enfrentado resistência feroz.

● 20/6: Líder da tribo Saddam, Xeique Hassan al-Nasseri: “As pessoas que estão envolvidas nessa luta nada têm a ver com as crenças de Saddam ou de seu partido Ba'ath, que foi movimento de princípios e ideologia. Nós nunca tivemos qualquer coisa a ver com al-Qaeda”.

● 20/6: “Fogo-amigo” de um helicóptero, contra tropas do governo em Dhuluyiyah, resultou na morte de um civil.

● 20/6: O governo está reunindo tropas e equipamento em Samarra para uma contra ofensiva norte.

● 20/6: Áreas nas quais as forças do governo enfrentam rebeldes do ISIS/ISIL (dentre outras): Tal Afar, Baiji, Tikrit, Samarra, Fallujah, Kirkuk, Baqouba e o oeste de Bagdá.

● 20/6: Alguns detalhes de grupos aliados ao ISIS/ISIL e onde estão ativos: o exército Naqshabandi está ativo em Kirkuk e no sudeste de Mosul.

− 19h20 Brigadas Revolucionárias, de ex-militares, combatem em Diyala.
− Fallujah assiste a uma deriva gradual em direção ao salafismo, com islamistas impondo-se, nas tribos, contra a autoridade dos anciãos.
− Na província de Ninevah, 14 facções armadas trabalham juntas (ISIS/ISIL é uma delas).
− O Conselho Tribal Revolucionário de Anbar foi formado em 2013 para combater contra as Forças de Segurança Iraquianas. Não se sabe com certeza se participam do atual conflito.

● 20/6: Muitos, se não todos, os postos de fronteira entre partes curdas da Síria e do Iraque estão sob controle dos curdos. O Partido da União Democrática (PYD) no enclave curdo na Síria sempre foi adversário do Partido Curdistão Democrático (KDP) e seus guerrilheiros Peshmergas; mas a ameaça representada pelo ISIS/ISIL os fez se aproximarem para defender interesses comuns dos curdos.

● 20/6: atrocidades cometidas pelo ISIS/ISIL, registradas pela ONU na 4ª-feira (18/6/2014):

− 17 civis que trabalhavam para a polícia em Mosul foram executados;
− 12 civis que trabalhavam para a polícia num subúrbio de Mosul foram executados;
− 4 mulheres cometeram suicídio depois de estupradas e/ou forçadas a casar, pelo ISIS/ISIL

● 20/6: As Facções Ba’ath que combatem contra o regime são duas facções que foram financiadas pelo governo sírio durante a ocupação norte-americana: uma é comandada por Ibrahim Izzat Al Dourri; a outra, pelo general-brigadeiro Mohammad Younes al-Ahmad.

● 20/6: Prosseguem confrontos entre forças rebeldes e do governo em área próximas do aeroporto Tal Afar.

● 20/6: Tuíto atribuído a Qassem Suleimani e dirigido aos rebeldes do ISIS/ISIL diz que se os takfiris/ISIS/ISIL causarem qualquer dano a algum local sagrado dos xiitas, os Mujahiddin xiitas farão as orações da tarde em Janat-ul-Baqi, na Arábia Saudita.

Ver também:

● George Galloway sobre o primeiro-ministro Cameron: “Ele [Cameron] nunca respondeu a pergunta que lhe fiz há 12 meses. Ele tem de explicar à Casa [dos Comuns] as diferenças entre a al-Qaeda que apoiamos hoje em alguns países [na Síria] e a al-Qaeda que tratamos como ameaça de morte em outros países [no Iraque]”.

● O Iraque está sendo rasgado em pedaços:

● O Emir do Kuwait no Irã (embriagado, ao que parece).

http://redecastorphoto.blogspot.com.br/2014/06/iraque-relatorio-de-situacao-sitrep_22.html

http://goo.gl/mjDOPM